Pedreiro Sepetiba RJ

Pedreiro Sepetiba RJ agende uma visita agora mesmo e contrate aqui um profissional qualificado na sua região desse ramo a mais de 12 anos.

whatsapp da empresa de dedetização no rio de janeiro 300x88 - Pedreiro Sepetiba RJ

Fazemos todos os tipos de obras ou construções, mão de obra especializada em fino acabamento.

Além disso, fazemos também esgotos, hidráulica, piscinas, sumidouro, contra piso, emboço, restruturação, fachada, alvenaria, bloco a vista, pintura, porcelanato.

Aceitamos débito a vista e crédito em até 12 vezes

pedreiro que aceita cartao de credito 300x80 - Pedreiro Sepetiba RJ
Sujeito a aceitação ou não de algumas bandeiras

Também fazemos a instalação de porcelanatos, cerâmicas e serviços de obras em geral.

Porque contratar um pedreiro em Sepetiba RJ? É a maneira mais prática e correta de resolver quando o assunto é obra, construções, manutenções ou reparos.

Entre em contato com a gente agora mesmo, faça o seu orçamento via telefone, Whatsapp ou se preferir um agendamento no local.

mão de obra de pedreiro 300x200 - Pedreiro Sepetiba RJ

Contrate agora um pedreiro em Sepetiba RJ, nós somos com toda humildade uns dos melhores profissionais da sua região.

Pedreiro em Sepetiba – Rio de Janeiro

Trabalhamos com fundação, reformas, pintura, alvenaria, encanamentos, emboços, telhados, colocação de pisos e porcelanatos, elétrica, hidráulica, obras e construções em geral.

Obrigado por visitar a nossa página de pedreiro em Sepetiba RJ, lembre sempre!

O nosso melhor cliente é você!


Pedreiro é o profissional que constrói ou reveste muros, paredes, escadas, vigas, lajes, tectos, telhados, chaminés, etc., em edifícios, infraestruturas de saneamento e outras obras de construção geralmente orientado pelo engenheiro ou Mestre de obras, utilizando materiais tais como a rocha ou pedra, o tijolo, a telha, o mosaico e o azulejo, o adobe, o cimento, a argamassa, a cal, o gesso e o betão e como ferramentas o escopro (ou cinzel) e o martelo, a picareta, a colher de pedreiro, a trolha, as réguas e esquadros, o compasso, o fio de prumo (ou prumo) e o nível de bolha (ou nível), entre outras.

Em Portugal, o pedreiro é por vezes chamado trolha, palavra que significa, em geral, ajudante ou servente de pedreiro, mas também se pode referir ao operário que reboca ou caia paredes e assenta telhados ou ainda à ferramenta com que o pedreiro assenta a argamassa.


O nome “Sepetiba” tem origem na língua tupi, significando “muito sapê”.

As praias de Sepetiba serviam como porto colonial para exportação de pau-brasil a Europa. Seu principais acessos eram o caminho de Sepetiba (atual estrada de Sepetiba), que levava à Santa Cruz, e o caminho de Piahy (atual estrada do Piaí), que ligava o bairro à Pedra de Guaratiba.

No início do século XIX, Sepetiba passou a ser frequentada no verão pela Família Real, que utilizava a propriedade para o lazer da elite, como touradas, saraus e danças portuguesas.

Com a implantação da “Companhia Ferro Carril”, em 1884, o bonde de tração animal passou a transportar a “mala real” até o cais de Sepetiba, além de cargas e passageiros.

A luz elétrica chega a Sepetiba em 1949 e, de lá para cá, Sepetiba se expande. Muitos loteamentos foram ocupando as áreas próximas à estrada do Piai, a praça Oscar Rossin foi urbanizada e foi aberto o canal na Rua Santa Ursulina para escoar terrenos alagadiços. Na década de 1960, surge o loteamento “Vila Balneário Globo” e, recentemente, em meio à grande polêmica, destaca-se a implantação, ao longo da estrada de Sepetiba, do grande conjunto Nova Sepetiba, construído pelo governo do estado para a população de baixa renda.

Atualmente é destaque no bairro as obras da prefeitura em convênio com o governo do estado que promete dotar a região de sistemas de saneamento, notadamente esgotamento sanitário, com tratamento, permitindo a continuação da urbanização das vias por meio de pavimentação e microdrenagem.

A revitalização da praia de Sepetiba, obra do governo estadual em parceria com o INEA, vai retirar toda a vegetação invasora da praia e o lodo existente, e devolver a faixa de areia antes poluída e tomada por línguas negras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *